OPERAÇÃO TERCEIRA PARCELA

Auxílio Emergencial: PF cumpre 73 mandados de busca e apreensão contra fraudes

Operação Terceira Parcela visa desarticular um grupo criminoso que estaria desviando recursos do auxílio emergencial.

18/02/2021

Auxílio Emergencial: PF cumpre 73 mandados de busca e apreensão contra fraudes

Nesta quinta-feira (18), a Polícia Federal deflagrou a Operação Terceira Parcela, que visa desarticular um grupo criminoso que estaria desviando recursos destinados ao auxílio emergencial. O benefício foi concedido pelo governo no ano passado, com objetivo de amenizar os impactos econômicos da pandemia.

Segundo informações da Polícia Federal, essa é a “maior ação de combate a fraudes contra benefícios emergenciais”. São mais de 200 policiais envolvidos na operação que cumpre 73 mandados de busca e apreensão em Minas Gerais, Bahia, Tocantins e na Paraíba. Desse total, 66 estão concentrados em 39 municípios mineiros.

“Nesta primeira etapa da investigação, são alvos os beneficiários de pagamento de contas com valores obtidos com o desvio de auxílios emergenciais. O objetivo da operação é desestruturar ações que causam prejuízo ao programa assistencial e, por consequência, atingem a parcela da população que necessita desses valores”, informou a PF.

A operação tem a colaboração de órgãos como Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania, CAIXA, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União, que participam da Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial, que tem, como principais objetivos, identificar fraudes massivas e desarticular organizações criminosas voltadas ao cometimento deste tipo de delito.

Este site usa cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação. We are committed to protecting your privacy and ensuring your data is handled in compliance with the General Data Protection Regulation (GDPR).
💬 Precisa de ajuda?