NOVO AUXÍLIO EMERGENCIAL

O auxílio emergencial 2021 será pago a partir de abril, em quatro parcelas, com valores de R$ 150, R$ 250 ou R$ 375,00 reais dependendo da família.

Só vai receber o novo auxílio quem já recebeu no ano passado e, portanto, já está inscrito nos cadastros públicos usados para a análise dos pedidos. Quem não faz parte dos cadastros não receberá o benefício, visto que não haverá novos pedidos.

É preciso atender uma série de critérios para receber o novo auxílio:

· ser trabalhador informal ou beneficiário do Bolsa Família

· ter renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 3.300)

· ter renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 550)

· ter recebido o auxílio emergencial em 2020.

Não têm direito, segundo o governo:

· trabalhadores formais, com carteira assinada

· quem recebe benefício do INSS ou de programa de transferência de renda federal

· quem recebeu o auxílio em 2020, mas não sacou nem usou o dinheiro

· quem estiver com auxílio emergencial 2020 cancelado no momento da análise cadastral do novo auxílio residentes médicos, multiprofissionais, beneficiários de bolsas de estudo, estagiários e similares pessoas com menos de 18 anos, exceto mães adolescentes

· presidiários quem teve rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019

· quem tinha em 31 de dezembro de 2019 a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$$ 300 mil

· quem recebeu em 2019 rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte superior a R$ 40 mil

Surgindo novas medidas estaremos informando.

Este site usa cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação. We are committed to protecting your privacy and ensuring your data is handled in compliance with the General Data Protection Regulation (GDPR).
💬 Precisa de ajuda?