Como nova elevação da Selic pode aumentar a sua restituição do IR

O aumento da taxa Selic influencia diretamente no valor a receber pelo contribuinte, entenda o motivo e como calcular

No último encontro do Comitê de Política Monetária (Copom), que aconteceu no dia 16 de junho, foi estabelecida a nova taxa Selic, que teve um aumento de 0,75% ponto percentual, elevando a taxa para 4,25% ao ano.

Esse aumento impacta diretamente diversos setores e também o bolso do contribuinte, mas nem todo impacto será negativo: o valor da restituição do Imposto de Renda 2021 para aqueles que ainda devem receber o acerto do fisco será maior, já que o valor é corrigido pela variação da taxa de juros da Selic.

Como calcular Taxa Selic no IR

O contribuinte que tem valores a receber sempre tem a quantia reajustada para que este dinheiro não perca o seu valor, então a Receita Federal devolve com correção.

Atualmente, a Selic está com o valor de 4,25% ao ano, o que gera 0,35% ao mês – e é esta a correção que deverá ser aplicada no seu dinheiro, nos casos de restituição.

Para calcular essa diferença de  correção monetária da restituição do IR,  verifique qual o lote que receberá o valor, para calcular a Selic no período de 31 de maio até um mês antes de receber o dinheiro. Por exemplo: se o seu lote é o do dia 15 de outubro, você deverá calcular a correção de 31 de maio até 15 de setembro.

Importante destacar que, uma vez liberado o dinheiro na conta bancária indicada, ele não será mais corrigido e cabe ao contribuinte retirá-lo logo, a fim de investir ou usá-lo dentro do mês, garantindo o seu valor real, sem perder com a inflação. O dinheiro fica disponível por até um ano no banco indicado.

Restituição Imposto de Renda

Assim como no ano passado, serão cinco lotes de restituição do Imposto de Renda, sendo que o primeiro já foi liberado para idosos, professores, pessoas com deficiência ou doenças graves. Amanhã o segundo lote já será liberado para um novo grupo.

Confira as datas de pagamento deste ano:

LoteData de recebimento
1º lote31 de maio
2º lote30 de junho
3º lote30 de julho
4º lote31 de agosto
5º lote30 de setembro

Vale ressaltar que o reajuste da Selic só acontecerá enquanto o valor não for pago para o contribuinte.

Para consultar a restituição, basta acessar o site da Receita Federal e clicar nos campos “Meu Imposto de Renda” e “Consultar a Restituição”.

Este site usa cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação. We are committed to protecting your privacy and ensuring your data is handled in compliance with the General Data Protection Regulation (GDPR).
💬 Precisa de ajuda?